Notícias

Policial dá tiro em Pronto Socorro ao ser impedido de ver esposa

Publicado em 14 de janeiro de 2022

Segundo testemunhas, homem atirou no chão para intimidar funcionários da unidade saúde de VG

Reprodução

O homem chegou no Pronto Socorro Municipal de VG para ver a esposa

Um policial civil, que não teve a identidade revelada, causou tumulto na manhã desta sexta-feira (14) no Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande ao atirar em direção ao chão para intimidar funcionários da unidade.

De acordo com o boletim de ocorrência, a confusão teria começado depois que o policial foi informado que, naquele horário, não poderia visitar a esposa que está internada.

Segundo o segurança da unidade, o homem chegou acompanhado de outras pessoas. Ao ser informado que não poderia entrar no hospital, ele teria ignorado a orientação, entrado no local e, no corredor, sacado uma arma que pela descrição seria um revólver.

O homem teria efetuado um disparo em direção ao chão que acertou um carrinho de comida. Depois do tiro, teria colocado um distintivo da Polícia Civil no peito e saído do local em um Corolla prata.

Segundo as testemunhas, quando tudo aconteceu havia muitos pacientes na unidade e o tiro por pouco não os atingiu. Devido ao alvoroço que se causou muitos teriam passado mal durante a confusão.

A sogra do policial estava no local e passou os dados do genro à equipe, confirmando que ele seria um policial civil.

 

Outro lado

A Polícia Civil informou que o policial se apresentou na Central de Flagrantes de Várzea Grande. A Corregedoria da instituição foi acionada e está apurando os fatos.

 

LIZ BRUNETTO, MÍDIA NEWS

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.