Notícias

Presidente da Federação Mato-grossense de Futebol é preso durante uma blitz da Lei Seca

Publicado em 04 de fevereiro de 2022

Aron Dresch foi parado em barreira montada pela polícia na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá

O presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Aron Dresch, foi preso por dirigir sob influência de álcool, na noite desta quarta-feira (2), no bairro Santa Helena, em Cuiabá, durante uma blitz da Lei Seca.

Segundo a Polícia Civil, Dresch, de 63 anos, dirigia pela avenida Miguel Sutil, quando foi abordado e submetido ao teste do etilômetro, que constatou a concentração de 0,36 mg de álcool por litro de ar alveolar.

O g1 entrou em contato com a FMF, que informou que não emitirá um posicionamento sobre o assunto no momento, e que o mandatário continua normalmente no cargo.

Após ser flagrado, o presidente foi levado para a central de flagrantes, e ouvido pelo delegado. Ele foi autuado em flagrante delito pelo crime de dirigir sob influência de álcool ou entorpecente.

Conforme a Lei Seca, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido responderá pelo crime.

Por conta disso, Aron Dresch só foi liberado após pagamento de fiança no valor de R$ 2.500.

O fato ocorreu logo após a partida entre Cuiabá e Nova Mutum, válida pela 4ª rodada do Mato-grossense, disputada na Arena Pantanal. O presidente esteve presente e viu o Dourado vencer pelo placar de 3 a 2.

Aron Dresch era sócio-proprietário do Cuiabá Esporte Clube, porém se afastou do clube para assumir a presidência da Federação Mato-Grossense de Futebol. Ele está em seu segundo mandato consecutivo.

Leonardo Almeida – G1 MT 

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.