Notícias

Mendes volta a defender vacina Sputnik: “Não desistiremos”

Publicado em 10 de maio de 2021

Mayke Toscano/Secom-MT

Midia News

O governador Mauro Mendes (DEM) voltou a defender, na manhã desta segunda-feira (10), a liberação da vacina russa Sputnik V por parte da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A agência negou a importação do imunizante no fim do mês passado. Mato Grosso é um dos dez estados que fazem parte do Consórcio de Amazônia Legal e do Nordeste que assinaram a pretensão de compra do imunizante. Apenas para Mato Grosso seriam destinadas 2,4 milhões de doses.

Segundo Mendes, a agência manteve as restrições e há uma equipe técnica do Consórcio recolhendo e repassando as informações que a Anvisa exige. Ele garantiu que Mato Grosso não desistiu da compra.

“Não desistiremos. […] A Anvisa ainda está com as objeções dela. Tem um grupo técnico trabalhando para atender e demover a agência daquilo que nós achamos que é um, e é, absurdo”, disse o governador em coletiva de imprensa nesta manhã.

“Mais de 60 países estão usando essa vacina. Não tem relato em nenhum deles de problema [causados após tomar a vacina], mas a Anvisa viu outros problemas.”, completou.

Decisão “política”

O coordenador do Consórcio Nordeste, o ex-ministro da Ciência e Tecnologia Sergio Machado Rezende, chegou a dizer que não ter dúvidas que a negativa da Anvisa foi política.

“Nós estamos absolutamente convencidos de que a motivação é política”, disse o ex-ministro à época da recusa.


Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.