Notícias

Força Nacional vai reforçar buscas por Lázaro Barbosa em Cocalzinho de Goiás, diz secretário

Publicado em 17 de junho de 2021

Policiais devem chegar em breve ao local de buscas. O suspeito foge há nove dias por matas e rios da região.

Força Nacional ajuda nas buscas ao fugitivo Lázaro Barbosa
Força Nacional ajuda nas buscas ao fugitivo Lázaro Barbosa

Força Nacional vai reforçar buscas por Lázaro Barbosa em Cocalzinho de Goiás, a partir desta quinta-feira (17), segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda.

Composta por policiais militares, civis, bombeiros militares e peritos dos estados e do Distrito Federal, a força atua na preservação da ordem pública, segurança das pessoas e patrimônio, além de calamidades.

“Recebemos de ontem para hoje [17] duas informações e estamos delimitando a área. Duas pessoas avistaram ele e as informações são muito boas. A Polícia Federal está aqui desde ontem a noite. O ministro Anderson Torres me ligou oferecendo 20 policiais da Força Nacional, que estão chegando para ajudar”, explicou Rodney Miranda.

 

Em relação as estratégias de buscas adotadas até este momento, o secretário disse que nada vai mudar.

“Estamos chegando cada dia mais perto e vamos persistir”, disse.

Mais cedo, Rodney Miranda falou que fake news que circulam em redes sociais atrapalham o trabalho da força-tarefa que tenta prender Lázaro.

As informações são checadas pelas equipes e muitas delas se mostraram falsas. Veja quem é Lázaro Barbosa em vídeo abaixo.

Policiais recebem orientações para as buscas por Lázaro Barbosa, em Goiás — Foto: Fábio Lima/O Popular

Policiais recebem orientações para as buscas por Lázaro Barbosa, em Goiás — Foto: Fábio Lima/O Popular

Em um encontro, na terça-feira (15), entre Lázaro e policiais, houve confronto e dois militares foram feridos de raspão. Eles foram levados para hospitais de Goiás e um deles já recebeu alta.

Governadores

 

O governador do DF, Ibaneis Rocha, disse nesta quarta-feira (16) que o suspeito faz “quase como de bobos” os profissionais do DF e de GO envolvidos na investigação.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, rebateu as críticas e falou para Ibaneis não se atrever a desrespeitar policiais goianos, os melhores do país.

Por G1 GO

Baixe o APP da Rádio 93

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.