Notícias

Secretaria de Saúde recomenda uso de máscara em locais fechados e ciclo vacinal completo para barrar avanço da Covid

Publicado em 17 de junho de 2022

Casos de Covid-19 têm aumentado em Barra do Garças e maior parte das internações são de pacientes que não completaram o esquema vacinal.

SECOM-BG

A Prefeitura de Barra do Garças por meio da Secretaria de Saúde fez uma alerta a população sobre as medidas de combate à disseminação do novo Coronavírus.

Recomenda-se que a população intensifique os cuidados recomendados pela Organização Mundial da Saúde como o uso de máscara em ambientes fechados ou em casos de infecção e a higienização das mãos com álcool em gel. A população também deve ficar atenta aos sintomas e procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para realização da testagem do vírus.

A Secretaria Municipal de Saúde destaca que a vacinação completa é essencial para conter o avanço da Covid-19 e as hospitalizações, uma vez que a vacina impede que a doença evolua para casos mais graves, especialmente em pessoas consideradas como grupo de risco.

De acordo com o secretário de Saúde, Adilson Tavares, os casos de internação no município em sua grande maioria são de pessoas que não concluíram o esquema vacinal. “Temos um número considerável de pessoas que estão com as doses atrasadas, consequentemente essas pessoas têm chance maior de serem hospitalizadas. A nível nacional temos pesquisas que comprovam este fato, onde cerca de 80% dos internados não estão com ciclo vacinal completo, em Barra do Garças a realidade é a mesma.”

Dentre o público elegível para a aplicação da dose de reforço (3º dose) – cerca de 48 mil pessoas – apenas 24 mil se vacinaram, enquanto cerca da metade ainda está com o imunizante atrasado. Existem ainda mais de 6 mil pessoas em Barra do Garças que não tomaram sequer a segunda dose dos imunizantes.

Em Barra do Garças a vacinação da 1º e 2º dose está liberada para o público geral a partir de 05 anos de idade. A 3º dose é destinada às pessoas a partir de 12 anos. Já a 4º dose está disponível para pessoas a partir de 50 anos, imunossuprimidos e trabalhadores da saúde. As doses de reforço precisam de um intervalo de no mínimo quatro meses entre as aplicações do imunizante.

Em caso de sintomas gripais a população pode procurar as unidades básicas de saúde, com funcionamento das 07h às 11h e das 13h às 17h. A UBS Santo Antônio III próximo ao ginásio Antônio Flandeiro está com horário de funcionamento estendido, com atendimentos das 07h às 11h e das 13h às 23:59. A Policlínica do bairro São José está aberta das 07h às 23:59h. As unidades básicas de saúde funcionam de segunda a sexta, já a unidade de pronto atendimento (UPA) funciona todos os dias da semana com plantão 24 horas.


Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.