Notícias

Mulher propõe terapia de casal e companheiro a proíbe de entrar em casa

Publicado em 14 de julho de 2021

Reprodução

Reprodução

Roberto França Auad Júnior, 49 anos, foi denunciado pela sua companheira, Alexandra Dorileo de Paula, 53 anos, por violência doméstica, injúria e constrangimento. A vítima relatou à Polícia Militar que, após desavenças, propôs que eles fizessem terapia de casal e por conta disso foi proibida de entrar na casa onde mora.

Segundo relato da mulher, o casal está junto há 6 anos e, juntos, eles abriram um mercado na cidade de Chapada dos Guimarães, onde residem. Contudo, o homem não ajuda no comércio e só ficaria mexendo na internet durante todo o tempo.

No último dia 25, a mulher foi passar o fim de semana na casa de sua mãe e após retornar propôs ao companheiro que eles fizessem terapia de casal. Contudo, descontente com a proposta, o homem teria proibido a vítima de ter acesso à casa.

Conforme o registro policial, a mulher narrou aos agentes que não consegue ter acesso aos seus pertences que estão na residência. Segundo a vítima, o companheiro se utiliza do fato de ser de família influente para intimidá-la.

Além da proibição de acesso ao imóvel, o suspeito ainda não deixaria a mulher ter conta bancária e suspendeu o pagamento das mensalidades da faculdade da companheira.

Ao relatar a situação, a vítima citou ainda que em algumas discussões chegou a ser empurrada pelo homem. Diante disto, um boletim de ocorrência foi registrado e o caso é investigado pela Polícia Civil do município.

Khayo Ribeiro, Gazeta Digital

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.