Notícias

Mulher “entrega” filha para família e volta após 10 anos exigindo criança

Publicado em 06 de maio de 2022

Família que cria menina não aceita devolver adolescente à família biológica

adolescente.jpg

Uma mulher de 29 anos alega ter sido agredida e ameçada após tentar “reaver” a filha de 13 anos, após ter deixado a menor morando com outra pessoa por mais de 10 anos. O fato aconteceu no bairro Santa Cruz, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), na última segunda-feira (02).

Segundo a mulher, a família que está com sua filha não quer lhe entregar a menor.

Segundo a denúncia registrada junto à Polícia Judiciária Civil, a mulher entregou a filha para outra pessoa criar quando a menina tinha cerca de 3 anos alegando não ter condições financeiras. Porém, não houve nenhum processo que homologasse a adoção da criança. Durante esse tempo, a mulher relata que teve pouco contato com a filha, mas sempre a via.

Acontece que, agora, após ganhar uma residência, a mulher decidiu procurar a família para quem “deu” a filha e pediu que a menor voltasse a morar com ela. No entanto, a suspeita disse que a mãe não tem onde “cair morta” e que deveria procurar a justiça caso quisesse a menina de volta.

Além disso, a comunicante relata que o filho da mulher ainda lhe ameaçou e agrediu. O suspeito teria jogado o aparelho celular dela no chão e dito que iria passar com o carro por cima dela, caso aparecesse novamente.

O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil de Rondonópolis.

 

LETICIA KATHUCIA, FOLHA MAX

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.