Notícias

Jornalista denuncia que foi abusado pelo prefeito de São Simão quando criança: ‘Levou minha mão até a sunga’

Publicado em 29 de julho de 2021
Jornalista denuncia que foi abusado pelo prefeito de São Simão quando criança
Jornalista denuncia que foi abusado pelo prefeito de São Simão quando criança

O jornalista Luís Manuel Lima de Araújo, de 30 anos, denuncia que foi abusado pelo prefeito de São Simão, Assis Peixoto (PSDB), quando era criança. O político está preso por suspeita de cometer crime contra a dignidade sexual de menor. A defesa do prefeito informou que ele é inocente.

“Na primeira vez, eu estava cercado com meus amigos na piscina, brincando, conversando. Eu tinha 9 para 10 anos de idade, quando ele segurou minha mão por debaixo da água e levou minha mão até a sunga dele. E eu pude notar que ele estava excitado sexualmente”, disse.

 

Na quarta-feira (28), o Ministério Público cumpriu mandados de busca e apreensão na prefeitura e um hotel da cidade. Já o político foi detido em Goiânia. As investigações estão em sigilo.

O jornalista conta que ficou traumatizado após ser vítima do prefeito. Os abusos teriam acontecido até os 16 anos.

“A qualquer instante, a qualquer local onde ele estivar seguro de olhares, sozinho, isolado, é um toque que ele faz, uma palavra obscena que ele diz”, disse.

Prefeito de São Simão, Assis Peixoto, investigado por suspeita de envolvimento em crime sexual contra menor — Foto: Reprodução/Facebook

Prefeito de São Simão, Assis Peixoto, investigado por suspeita de envolvimento em crime sexual contra menor — Foto: Reprodução/Facebook

Prefeito de São Simão é preso suspeito de crime sexual contra menor, diz MP

Outra vítima

 

A mãe de um adolescente de 15 anos também denuncia que o filho foi vítima do prefeito. Ela contou que o político se aproximou do filho por meio de mensagens de celular. “Meu filho recebeu uma mensagem escrita: ‘bem-vindo’. Ele perguntou quem era. Aí ele se identificou e falou: ‘é o Assis’. Meu filho perguntou se era o prefeito. Ele respondeu que sim”, explicou.

A mulher conta que o político fez várias chamadas com o garoto, mostrando as partes íntimas (veja relato no vídeo acima).

“Meu filho foi tão inteligente que ele gravou a chamada. Falei: ‘Meu filho, isso é caso de polícia, não está certo’”, contou a mulher, que não quis se identificar.

 

Após fazer a gravação, a mulher procurou o Conselho Municipal de Segurança Pública para pedir ajuda. A presidente do conselho, Vanessa Lima Araújo, entregou o celular do adolescente para o MP investigar o caso.

Print de chamada de vídeo gravada por adolescente em que aparece o prefeito Assis Peixoto — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Print de chamada de vídeo gravada por adolescente em que aparece o prefeito Assis Peixoto — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Por Vitor Santana, G1 GO

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.