Notícias

Homem é indiciado por roubo após forjar assalto contra si mesmo, namorada e família dela para salvar relacionamento

Publicado em 06 de maio de 2022

A Polícia Civil indiciou um homem suspeito de contratar um conhecido e um adolescente para assaltar ele próprio, a namorada e a família dela em Itapaci, no centro de Goiás. Segundo a corporação, a intenção do homem era se passar por vítima e apanhar na frente dos familiares da moça para comovê-la a reatar o relacionamento com ele.

O mandante e o autor do assalto foram presos e devem responder por roubo com uso de faca, restrição da liberdade das vítimas e corrupção de menores, já que chamaram um adolescente para participar – ele foi apreendido e liberado. O crime aconteceu na segunda-feira (2).

Celulares roubados em roubo forjado e faca usada em crime em Itapaci — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Celulares roubados em roubo forjado e faca usada em crime em Itapaci — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Segundo o delegado Fábio Mendanha, responsável pelas investigações, o mandante chegou a dizer aos contratados que poderiam dar um tiro ou uma facada nele para o assalto ser mais real.

Questionado se já havia lidado com alguma situação similar, o investigador respondeu: “Só em filme e novela”.

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) representou pela prisão preventiva do mandante e do contratado, que seguem detidos nesta sexta-feira (6). Ao relatar o caso, o promotor Francisco Borges Milanez também comentou sobre o risco a que os autores submeteram a namorada e a família dela.

“Trata-se de uma das ideias mais estapafúrdias já vistas neste juízo criminal”, escreveu no processo.

 

Planejamento e crime

 

As investigações apontaram que o mandante ofereceu três celulares (a serem roubados das vítimas no dia do crime) e mais R$ 800 a um conhecido, que morava na região, e um adolescente para realizarem o assalto.

Na noite do crime, os dois foram à casa da avó da namorada do contratante com uma faca para ameaçar as vítimas. Eles levaram os celulares da idosa, da namorada e do próprio contratante, tendo batido no homem também, como combinado previamente.

Ainda durante o crime, eles trancaram as vítimas em um cômodo da casa.

No dia seguinte, o grupo foi à delegacia registrar o caso e prestou depoimento. A tia da namorada do mandante contou que reconheceu um dos assaltantes como sendo um morador da região.

Durante as investigações, a Polícia Civil encontrou o rapaz identificado e ele confessou que o assalto foi encomendado. Procurado pela corporação, o rapaz que encomendou o crime confessou o plano e as intenções.

Também com base nas confissões, os policiais localizaram os celulares roubados e os devolveram às vítimas.

Por Vanessa Martins, g1 Goiás

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.