Notícias

Funcionários de terceirizada levam drogas e carregadores para presídio

Publicado em 29 de julho de 2021

Eles trabalham para uma prestadora de serviços à Prefeitura

Drogas carumb�

Dois funcionários de uma empresa que presta serviços para a Prefeitura de Cuiabá, foram presos na manhã desta quinta-feira (29), após serem flagrados com materiais ilícitos dentro de uma garrafa térmica de água, tentando entrar no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), no bairro Carumbé, em Cuiabá.

Segundo informações da Secretaria Estadual de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), os suspeitos iam entrar na unidade para buscar blocos produzidos pelos reeducandos da unidade para a construção de meio-fio.

Na hora da revista, os policiais penais do CRC perceberam que os dois homens estavam nervosos e ao conferirem a garrafa, viram que estava muito pesada. Ao analisar a garrafa constataram um fundo falso, onde encontraram 10 carregadores de celular, 100 chips de celular e quatro porções de maconha.

Na ação, também foram apreendidos R$ 2,1 mil em dinheiro, dois aparelhos celulares, carteira, cartões magnéticos e documentos pessoais. Os acusados foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes de Cuiabá.

Por meio de nota a Prefeitura de Cuiabá informou que o caminhão que os suspeitos utilizavam pertence à empresa Limpurb, empresa que serviços para a administração municipal. Garante ainda que a empresa tomará as medidas contratuais necessárias contra os envolvidos no caso.

Confira a nota na íntegra: 

Em relação a apreensão, a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) informa que: – Tanto o caminhão quanto o motorista pertencem a empresa, que presta serviço para a Limpurb. 

– Desta forma, cabe a própria empresa tomar as medidas contratuais cabíveis contra o envolvido no caso. 

– A Limpurb, todavia, por ser a contratante da empresa já exigiu o desligamento do envolvido, por não compactua com esse tipo de situação.

– Reforça que o caso trata-se de uma ação isolada de um indivíduo que, com toda certeza, não representa os mais de 400 servidores que, diariamente, se dedicam no cuidado da nossa cidade.

– Mesmo não tendo nenhum envolvimento direto no caso, a Limpurb se coloca à disposição das autoridades de Segurança Pública, caso haja necessidade.

LETICIA KATHUCIA, FOLHA MAX

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.