Notícias

Empresário tem faca cravada no pescoço em Várzea Grande; namorada é suspeita

Publicado em 10 de junho de 2021

A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao Pronto-Socorro

O proprietário da Nunes Som e Acessórios, José Nunes, de 35 anos, foi esfaqueado no pescoço na madrugada desta quinta (10), no bairro Hélio Ponce, em Várzea Grande. Ele chegou em uma distribuidora de bebidas com a faca cravada no pescoço, puxou e acabou desmaiando. Conforme informações, a principal suspeita do crime é a namorada dele. O caso é investigado.

De acordo com informações da Polícia Militar, uma guarnição foi acionada e encontrou a vítima caída no chão em frente à distribuidora Pantanal. Consta do boletim de ocorrência, que os populares relataram que a vítima chegou ao local com a faca cravada em seu pescoço e que, no momento em que o mesmo a retirou, perdeu muito sangue e caiu ao solo aparentemente inconsciente.

A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao Pronto-Socorro de Várzea Grande. Rondas foram realizadas, mas os policiais não encontraram a suspeita. Não há informações sobre o quadro de saúde da vítima. O caso está sob investigação da Polícia Civil.

Por RD News

Baixe o APP da Rádio 93

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.