Notícias

Eleitores formam filas em frente a cartórios e postos de atendimento no último dia para regularizar o título em MT

Publicado em 04 de maio de 2022
Eleitores esperando para regularizar o título na manhã desta quarta-feira (4) — Foto: Kau Salentim/TVCA

Eleitores esperando para regularizar o título na manhã desta quarta-feira (4) — Foto: Kau Salentim/TVCA

O prazo para regularizar o título de eleitor para participar do processo eleitoral deste ano se encerra nesta quarta-feira (4). Desde o início da semana, foram registradas longas filas em cartórios eleitorais e postos de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), em Cuiabá.

Na sede do TRE e na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nessa terça-feira (3), as filas tomavam parte do lado de fora das unidades. O tempo de espera foi de mais de duas horas e teve gente reclamando que o atendimento online para regularizar o título de eleitor não estava funcionando.

Na manhã desta quarta-feira, também houve registro de filas para regularização do título.

O TRE-MT informou que o ônibus da Justiça Eleitoral Móvel precisou ser realocado do Bairro Pedra 90 para a sede do Tribunal nesta quarta-feira. A medida foi adotada para ampliar a capacidade de atendimento da Casa da Democracia, e assim, reduzir o tempo de espera dos eleitores.

Fim do prazo para regularização do título de eleitor gera longas filas em Cuiabá — Foto: Kau Salentim/TVCA

Fim do prazo para regularização do título de eleitor gera longas filas em Cuiabá — Foto: Kau Salentim/TVCA

Os moradores da região do Pedra 90, local onde o ônibus estava ofertando seus serviços desde o dia 25 de abril, que ainda estejam em situação irregular, devem se dirigir à Casa da Democracia, ou, buscar o atendimento virtual pelo site.

O juiz auxiliar da presidência do TRE-MT, Bruno Marques, afirmou que o serviço pela internet já foi regularizado.

O horário de atendimento presencial nos cartórios e postos eleitorais é das 8h às 18h.

Títulos cancelados

 

Em Mato Grosso, 312.287 títulos estavam cancelados até abril deste ano, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). Ao todo, mais de 2 milhões de eleitores estão habilitados a votar nas eleições deste ano.

O cancelamento do título pode ocorrer por ausência às três últimas eleições ou por ausência à revisão biométrica.

Mesmo sem a coleta da biometria, que continua suspensa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por causa da pandemia da Covid-19, o eleitor consegue regularizar o título normalmente.

Por TV Centro América

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.