Notícias

Disparada dos combustível deve aumentar preço dos alimentos nos próximos dias

Publicado em 09 de julho de 2021

 

O consumidor mato-grossense voltou a pagar mais caro pelos combustíveis vendidos nos postos do estado. Os aumentos nos preços eram previstos para a gasolina e diesel, reajustados pela Petrobrás no último dia 5, mas quem foi aos postos nesta quinta-feira (8) percebeu que o etanol hidratado também acompanhou a tendência de alta.

A adição nos preços feita pela Petrobras foi de 6,3% para a gasolina e 3,7% para o diesel. Isso refletiu em impactos de R$ 0,16 e R$ 0,10 centavos no litro dos respectivos combustíveis que sai das refinarias para as companhias distribuidoras. Os reajustes geraram preços de R$ 2,69 (gasolina) e R$ 2,81 (diesel), nas refinarias, mas quem pagará a conta final será o consumidor.

Nos postos da capital, o etanol hidratado – combustível mais consumido no estado – voltou a bater a casa dos R$ 4,20 nesta quinta (8). Já a gasolina subiu para R$ 6,19 e o diesel já é vendido a R$ 4,73.

Além do valor pago nos postos de combustíveis, nos próximos dias os consumidores devem sentir o impacto das altas embutidos nos alimentos e outros produtos e serviços. O diesel, por exemplo, é fonte de energia de colheitadeiras e caminhões que transportam grãos e alimentos, que, por consequência, devem sofrer novos reajustes devido à pressão no custo da produção nacional.

“Os aumentos nos preços de combustíveis e derivados impactam direta ou indiretamente em praticamente todos os segmentos da economia, por serem a principal fonte de energia utilizada no transporte de mercadorias e da população. Há ainda os fornecedores de etanol e biodiesel, insumos utilizados na mistura dos combustíveis para melhorar o desempenho deles, os importadores de derivados e os entes federativos (município, Estado e União) na arrecadação de impostos”, reforça o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em publicação sobre ‘o necessário debate sobre os preços dos combustíveis no Brasil’.

Por Priscilla Silva,  Estadão Mato Grosso

Baixe o APP da Rádio 102.1

Agora você pode nos ouvir em qualquer lugar com acesso à internet. Disponibilizamos para você, além do áudio, informações de contato e acesso às nossas páginas na internet.